quinta-feira, 22 de junho de 2017

Nº 21.686 - "Organizações fazem protesto contra Temer na Noruega"


22/06/2017

Organizações fazem protesto contra Temer na Noruega

O Jornal de todos Brasis


Jornal GGN - QUI, 22/06/2017 - 17:37


temer-aloysio-encontro-com-investidores-noruegueses_beto_barata_pr_2.jpg
  Foto: Beto Barata/PR

Jornal GGN - Organizações norueguesa de defesa ao meio ambiente e aos direitos humanos planejam um protesto nesta sexta-feira (23) em frente à casa da primeira-ministra Erna Solberg, contra as políticas adotadas pelo presidente Michel Temer, que está em visita diplomática ao país europeu.

Entidades como a Fundação Rainforest afirmam que o governo do peemedebista está sendo um “desastre” para a proteção ambiental, para os povos indígenas e para os defensores de direitos humanos, pontuando que o desmatamento na floresta amazônica aumentou cerca de 30% durante o mandato de Temer.

Também são apontadas as ameaças aos povos indígenas e aos defensores dos direitos humanos, que vivem uma situação considera crítica pelas organizações. “No Brasil governado por Temer um defensor do meio ambiente ou dos direitos humanos é assassinado a cada semana”, dizem as entidades, que também afirmam que o desmonte da Funai criará grandes dificuldades para os indígenas no Brasil.

“Temer não cumpre com suas obrigações e não respeita os direitos constitucionais. Os seus ataques aos direitos dos povos indígenas e ao meio ambiente são de uma magnitude nunca antes vista”, afirma Sônia Guajajara, liderança indígena que participará do protesto.

“O governo do Temer está promovendo mudanças políticas que causarão aumento da pobreza e um aumento ainda maior da diferença entre pobres e ricos. Uma das decisões políticas mais drásticas tem sido manter o teto dos gastos nas áreas de saúde, educação e serviços sociais no nível de 2016 para os próximos 20 anos”, afirma Arne Dale, coordenador da ONG Ajuda da Igreja Norueguesa.

Dale também diz que “as instituições democráticas do país estão sendo enfraquecidas e os nossos parceiros estão bastante preocupados com a perseguição da sociedade civil”.

“Defensores de direitos humanos, membros de sindicatos, movimentos sociais e igrejas estão se mobilizando contra o governo corrupto de Temer. Uma luta que a Noruega e a sociedade internacional deve apoiar”, afirmou.

Lars Løvold, diretor da Rainforest Foundation Noruega, diz que o país escandinava deve pressionar para que o Brasil cumpra os deveres firmados em acordos internacionais e nacionais.

Na semana passada, Vidar Hegelsen, ministro do Meio Ambiente da Noruega, enviou carta ao seu colega brasileiro, Sarney Filho, manifestando dúvidas sobre a continuidade e a utilidade do Fundo Amazônia diante das taxas de desmatamento e de projetos que diminuem a proteção ambiental.

“Vimos grandes resultados na última década no Brasil e uma tendência preocupante nos últimos dois anos”, afirmou Hegelsen. O país europeu é o maior doador ao Fundo da Amazônia e já destinou US$ 1,1 bilhão para o Brasil.

.