quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Nº 20.904 - "Lula ganha todas: 1° e 2° turnos!" - "Rejeição ao MT é um colosso!"


15/02/2017

Lula ganha todas: 1° e 2° turnos!

Corre, Moro, corre enquanto é tempo!


Conversa |Afiada - publicado 15/02/2017

unnamed.jpg

Na pesquisa estimulada para primeiro turno, o ex-presidente Lula lidera nos três cenários apresentados:

CNT/MDA - 1° Turno

Cenário 1:
Lula 30,5%
Marina Silva 11,8%
Jair Bolsonaro 11,3%
Aécio Neves 10,1%
Ciro Gomes 5,0%
Michel Temer 3,7%
Branco/Nulo 16,3%
Indecisos 11,3%

Cenário 2:
Lula 31,8%
Marina Silva 12,1%
Jair Bolsonaro 11,7%
Geraldo Alckmin 9,1%
Ciro Gomes 5,3%
Josué Alencar 1,0%
Branco/Nulo 17,1%
Indecisos 11,9%

Cenário 3:
Lula 32,8%
Marina Silva 13,9%
Aécio Neves 12,1%
Jair Bolsonaro 12,0%
Branco/Nulo 18,6%
Indecisos 10,6%

CNT/MDA - 2º Turno:

Lula 39,7%
Aécio 26,5%
Branco/Nulo - 25,5%

Lula 42,9%
Temer 19%
Branco/Nulo 29,3%

Lula 38,9%
Marina 27,4%
Branco/Nulo 25,9%

_________________________


Rejeição ao MT é um colosso!


Em 2015, ele disse que Presidente não resiste a baixa popularidade...


Conversa Afiada - publicado 15/02/2017


Temer.jpg

Do Globo:

A reprovação ao governo do presidente Michel Temer aumentou sete pontos percentuais de outubro para cá, segundo pesquisa realizada pelo instituto MDA por encomenda da Confederação Nacional dos Transportes (CNT). No total dos entrevistados, 44% avaliam de forma negativa a administração do peemedebista (eram 37% em outubro), 39% os que consideram regular (eram 36%) e 10% os que avaliam como positivo (contra 15% no levantamento anterior).

A rejeição ao presidente subiu de 51,5% em outubro para 62% na de fevereiro. Nos cenários para 2018, divulgados nesta quarta-feira, o destaque é a liderança do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em todas as simulações, inclusive de segundo turno.

O índice de reprovação a Temer vem crescendo desde sua posse. Em junho, eram 40% os que reprovavam o presidente, depois subiu para 51% e agora chega a 62%. A aprovação caiu de 34% em junho para 32% em outubro e para 24% na pesquisa deste mês.

 (...)

Em tempo: em setembro de 2015, o então vice-presidente Michel Temer disse que seria difícil a Presidenta Dilma permanecer no cargo em meio à baixa popularidade. Terá o MT mudado de opinião?

.