sábado, 18 de março de 2017

Nº 21.019 - "Dilma mostra notas e sepulta ideia de ‘separar’ Temer da chapa"

.
18/03/2017

Dilma mostra notas e sepulta ideia de ‘separar’ Temer da chapa


Do Tijolaço  · 18/03/2017



presta


Por Fernando Brito

Os advogados de Dilma Rousseff protocolaram ontem à noite no Tribunal Superior Eleitoral documentos que derrubam a versão de que Temer teria arrecadado à parte os recursos financeiros para a campanha da reeleição de Dilma e que o dinheiro da chapa não pagou suas atividades como candidato.

Foram juntados os recibos de pagamento de assessores de Temer, no valor de R$ 584 mil,  de gastos com transpor aéreo – dele e de sua equipe – de R$ 2 milhões , com eventos dos quais só ele participou e gastos de  publicidade determinados por ele, que incluíam candidatos do PMDB, inclusive de serviços prestados pelo marqueteiro João Santana.

Como se não bastasse, entregaram o documento que  formaliza a prestação de contas da chapa, com o devido jamegão de Michel Temer, o que o ilustre professor de Direito sabe que atesta sua responsabilidade sobre as contas que se apresentem.

Portanto, se o TSE quiser cassar Dilma, não tem outro jeito, tem de levar Michel Temer junto.

É bom prestar atenção no que diz hoje Jorge Bastos Moreno, na sua coluna em o Globo – que o  Conversa Afiada reproduz –  sobre Gilmar Mendes estar “de olho em outra coisa”.


No futebol, o jogo rápido ficou conhecido pela expressão “toco y me voy”. No neodireito brasileiro, quem sabe, fica conhecida por “casso e me faço”.

.