sexta-feira, 3 de março de 2017

Nº 20.928 - "TEMER TEM ENCONTRO SECRETO COM YUNES NUM DENTISTA"


03/03/2017

TEMER TEM ENCONTRO SECRETO COM YUNES NUM DENTISTA


Brasil 247 - 03/03/2017



Vendo seu governo apodrecer em praça pública, Michel Temer teve um encontro secreto com José Yunes, num dentista, em São Paulo; ex-assessor da presidência da República, Yunes disse ter sido "mula" do ministro licenciado da Casa Civil, Eliseu Padilha, numa entrega de um pacote de dinheiro em seu escritório por Lucio Funaro, empresário tido como operador de Eduardo Cunha; como Funaro pediu para ter uma acareação com Yunes, Temer pode ter ido ao dentista para combinar uma versão com seu amigo de 40 anos; a informação sobre o encontro secreto, ocorrido ontem, foi revelada por Andrea Sadi, da Globonews; Palácio do Planalto decidiu não comentar a reunião clandestina no consultório dentário

247 – Surgiu, nesta sexta-feira, mais um indício de que o governo Temer está desmoronando. Segundo a jornalista Andrea Sadi, da Globonews, Temer teve uma reunião secreta num consultório dentário – ocorrida ontem – com José Yunes, seu ex-assessor, que depôs ao Ministério Público Federal e disse ter sido "mula" de Eliseu Padilha.

Mula é uma expressão do tráfico de drogas usada para designar quem transporta drogas para terceiros. Yunes tentou criar uma versão que preservaria Temer das delações da Odebrecht relacionadas ao pagamento de R$ 11 milhões ao PMDB, pelo caixa dois, jogando toda a responsabilidade nos ombros de Padilha, que decidiu se licenciar, sem data para voltar.

Ele teria sido "mula" numa entrega de um pacote de dinheiro em seu escritório por Lucio Funaro, empresário tido como operador de Eduardo Cunha.

Como Funaro pediu para ter uma acareação com Yunes, Temer pode ter ido ao dentista para combinar uma versão com seu amigo de 40 anos.

O Palácio do Planalto decidiu não comentar a reunião secreta no consultório dentário.

Abaixo, a nota de Andrea Sadi:

O presidente Michel Temer encontrou nesta quinta-feira (2), em São Paulo, o advogado José Yunes em um endereço onde fica localizado um consultório odontológico. Yunes é amigo de Temer há décadas. Recentemente, ele ganhou o noticiário após dizer em depoimento ao Ministério Público ter servido de "mula involuntária" para Eliseu Padilha em 2014.Ele disse que recebeu um envelope em seu escritório a pedido de Padilha. E o envelope teria sido entregue pelo doleiro Lúcio Funaro.O Blog perguntou à Presidência nesta sexta-feira (3) o motivo de o encontro ter ocorrido em um consultório dentário. E também sobre o que Yunes e Temer trataram. O Palácio do Planalto não respondeu aos questionamentos.O Blog também procurou Yunes, mas não obteve retorno até a última atualização deste post.

.