terça-feira, 7 de junho de 2016

Nº 19.573 - "JANOT PEDIU PRISÃO DE CUNHA, RENAN, JUCÁ E SARNEY, OS ARTÍFICES DO GOLPE"

07/06/2016
Do Facebook
Paulo Pimenta
57 min · 
 
JANOT PEDIU PRISÃO DE CUNHA, RENAN, JUCÁ E SARNEY, OS ARTÍFICES DO GOLPE

Pedidos feitos pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, contra o presidente do Senado, Renan Calheiros, o ex-presidente José Sarney, o senador Romero Jucá e o presidente afastado da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha estão com o ministro Teori Zavascki, do STF, há mais de uma semana. Os caciques do PMDB foram os maiores articuladores do golpe que resultou no afastamento da presidenta Dilma, Cunha e Jucá são homens de confiança do conspirador Temer e, com o auxílio de Sarney, um dos homens mais influentes no congresso nacional, conseguiram dar prosseguimento no processo de impeachment de uma presidenta que não cometeu crime para barrar as investigações contra corrupção, principalmente a Operação Lava Jato.
Baseado nas gravações feitas por Sérgio Machado, ex-presidente da Transpetro, Janot os acusa de tramar contra a Lava Jato. Jucá tratou a saída da presidente Dilma Rousseff como uma forma de “estancar a sangria” da operação. Renan defendeu mudanças na lei de delações premiadas. Sarney, por sua vez, falava em buscar uma ponte com o ministro Teori Zavascki. Já o pedido de prisão de Eduardo Cunha se deve ao fato de que mesmo afastado da presidência da Câmara dos Deputados, o parlamentar, de acordo com Janot, segue influenciando nas decisões da casa e realizando indicações para o governo golpista de Temer.

‪#‎ForaTemer‬‪#‎BrasilReal‬‪#‎VazaTemer‬‪#‎NãoAoGolpe‬‪#‎EPP‬

Foto de Paulo Pimenta.