terça-feira, 14 de junho de 2016

Nº 19.633 - "Kennedy Alencar: se não cassar, pegam o Cunha; se cassar o Cunha fala?"

 

14/06/2016

 

Kennedy Alencar: se não cassar, pegam o Cunha; se cassar o Cunha fala?

 



Do jornalista Kennedy Alencar, comentarista da CBN, em seu blog, dizendo que um novo adiamento da votação da cassação de Eduardo Cunha poderá ser pior até para ele, porque empurraria o Supremo para tomar uma decisão de prisão contra ele.

“Qualquer que seja o desfecho dessa história, será ruim para o governo Temer. Se Cunha escapar, ficará evidente que isso aconteceu com a ajuda do Palácio do Planalto e do PRB, o que vai gerar desgaste para o governo e alimentar a tese de proteção ao presidente da Câmara em troca da ajuda para aprovar o pedido de abertura de impeachment da presidente afastada, Dilma Rousseff.
Se Cunha perder o mandato, seu caso poderá ser remetido do Supremo ao juiz Sérgio Moro, em Curitiba. Nessa hipótese, não deve ser descartada uma delação de Cunha, a fim de tentar proteger a mulher e a filha, que também são investigadas. Isso seria dinamite pura.”
Dinamite, Kennedy?

Eduardo Cunha é uma verdadeira bomba atômica, e se for levado a delatar tudo o que sabe não sobrará muito no parlamento e no Palácio.

É muito cedo para dizer isso, mas é fora de dúvida que ao chegar ao limite do que o silêncio pode lhe servir para chantagem.

Como dizia o famoso “Paulo Preto”  da campanha de José Serra, não se deixa um companheiro assim na beira da estrada.
.