domingo, 30 de abril de 2017

Nº 21.323 - "Celso de Mello quer Temer na cadeia"


30/04/2017

Celso de Mello quer Temer na cadeia

Mas, o Janot não quer...

Conversa Afiada - publicado 30/04/2017

Cego.jpeg
O Ministro Marco Aurélio Mello já mandou a Câmara do Botafogo abrir o processo de impeachment do MT da lista de alcunhas da Odebrecht.
O Aragão já demonstrou que o MT tem que ser investigado, sim.
Mas, o Janot, sabe como é, amigo navegante.
Ele levou mais tempo para ir à Furnas do Mineirinho do que Moisés para atravessar o deserto.
Agora, é o decano do STF que preferia o MT na cadeia, como os entrevistados do Datafalha, neste domingo 30/IV:

Investigar presidente não é ilegal, diz Celso de Mello


O ministro Celso de Mello, decano do Supremo Tribunal Federal, disse ao Estado, em entrevista exclusiva na noite da última terça-feira, 25, que a eventual investigação do presidente Michel Temer em inquérito da Operação Lava Jato não desrespeita a Constituição. É o contrário do que entende o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que excluiu Temer da lista de possíveis investigados que mandou ao STF, em março passado.

​ (...)

​ "O Supremo Tribunal Federal, em dois precedentes, entendeu que a imunidade constitucional dada ao presidente da República, protegendo-o contra a responsabilização em razão de atos estranhos ao exercício do mandato, não há de impedir a instauração de investigação criminal", disse Celso de Mello. "É preciso fazê-la, porque as provas se dissipam, as testemunhas morrem e os documentos desaparecem", acrescentou. "Eu sei que essa não é a posição do procurador-geral da República - não obstante o Supremo tenha dois precedentes julgados pelo pleno".