segunda-feira, 25 de julho de 2016

Nº 19.602 - "Moro vai quebrar o Tesouro Nacional!"

 

25/07/2016

Moro vai quebrar o Tesouro Nacional!

Por que o zé da Justiça não quis salvar as empresas?


 
Do Conversa Afiada - publicado 25/07/2016
 
 
Moro-3.jpeg


De Fábio Pupo e Letícia Casado, no PiG cheiroso:

O Ministério da Fazenda criou uma "força-tarefa" para acompanhar a situação das empresas investigadas pela Operação Lava-Jato. O objetivo é tentar recuperar dívidas que os grupos têm com a União antes que a situação patrimonial deles fique comprometida com outros compromissos financeiros. As companhias devem ao menos R$ 1,2 bilhão ao Tesouro, de acordo com dados da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN, vinculada ao Ministério da Fazenda), mas o número continua aumentando conforme a Receita Federal vem aplicando novos autos de infração.
"Tenho medo que eles não tenham patrimônio para pagar as dívidas. Preocupa profundamente", diz ao Valor Anelize Lenzi Ruas de Almeida, diretora de Gestão da Dívida Ativa da União na PGFN. Segundo ela, o órgão viu necessidade de se mobilizar para tentar recuperar esses recursos - que têm principamente origem tributária e previdenciária - antes que seja tarde. Uma das preocupações é a União não ser contemplada (diferentemente da estatal Petrobras, por exemplo) no âmbito judicial sobre a Lava-Jato.
"Uma decisão do juiz Sérgio Moro [responsável pelos réus da Operação sem foro privilegiado] que considerar todos os bens do réu como frutos de ilícito pode bloquear todo o patrimônio do réu. Então como seria paga a dívida com a União? Eu ficaria só estocando minha dívida", afirma Anelize. "Então estamos discutindo como a Fazenda Nacional entra co a Fazenda Nacional entra como parte desse sistema".
 
___
 
NAVALHA