sábado, 30 de julho de 2016

Nº 19.647 - "Em crise pela Lava Jato, empreiteira abandona obra de transposição do São Francisco"

 

30/07/2019 

 

Em crise pela Lava Jato, empreiteira abandona obra de transposição do São Francisco

mendesjr

Por

Sexta-feira passada, dia 22, a Mendes Júnior parou completamente as obras de construção das do Eixo Norte do projeto de trasposição das águas do Rio São Francisco.

A construtora era  responsável por um trecho de 140 km de extensão entre Cabrobó, Sertão pernambucano, e o reservatório de Jati, no Ceará, incluindo três elevatórias.

87% das obras estão concluídas e a obra seria inaugurada no início  do ano que vem.

No início do mês a empresa havia anunciado sua intenção de abandonar o projeto, por perda de capacidade financeira para tocá-lo, depois da situação em que ficou em função para perda de idoneidade  com a Lava Jato.

Não há decisão sobre como completar a obra: uma nova licitação a atrasaria em pelo menos um ano.
Não é a única.

A Odebrecht está vendendo a Mectron, sua subsidiária de tecnologia que projeta e produz mísseis para as Forças Armadas, para uma empresa israelense a, Elbit.

Lá se vai o domínio tecnológico, mas isso não vem ao caso.

A GM, em 2008, esteve para quebrar. Como os americanos não são bobos, sopuberam separar o que era a estupidez especulativa de seus dirigentes da importância da empresa para o país.

Aqui, o país não vem ao caso.

.
_________________________________


PITACO DO ContrapontoPIG



Mais atitudes criminosas deste "governo" interino:

- o  atraso nas obras de transposição prejudicará enormemente a milhões de nordestinos;

- a venda de empresa que produz misseis para as Forças Armadas enfraquece a nossa defesa.

O povo brasileiro não pode mais assistir passivamente à ação nefasta  deste governo danoso ao País. 

__________________________________