segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Nº 20.350 - "Banco do Brasil quer aposentar 18 mil funcionários e fechar 400 agências "


21/11/2016

Jornal GGN - O Banco do Brasil realizará uma reestruturação que vai diminuir o número de agências e também incentivar a aposentadoria de até 18 mil funcionários. O objetivo da instituição é economizar R$ 2,7 bilhões em 2017, caso 10 mil trabalhadores entrem no plano de aposentadoria incentivada. 
Já com a adesão de 5 mil empregados a economia seria de R$ 1,875 bilhão, em um cálculo que leva em consideração a redução da estrutura física.

O banco irá oferecer 12 salários mais indenização pelo tempo de serviço para os funcionários que entrarem no plano de aposentadoria. Atualmente, o Banco do Brasil conta com 109 mil funcionários.
Outra medida é aumentar o número de funcionários com carga horária de trabalho reduzida, passando seis mil empregados da jornada de oito para a de seis horas, com consequente redução de 16,25% no salário.

A reestruturação também inclui o fechamento de 402 agências em todo o Brasil. Outras 379 serão transformadas em postos de atendimento em 2017. O banco espera economizar, anualmente, R$ 750 milhões com a diminuição da estrutura. O Banco do Brasil possui 5.430 agências e 1.791 postos de atendimento.

Não serão fechadas agências em cidades nas quais somente o BB atua. Além disso, também serão fechadas 28 superintendências regionais de varejo e 3 de governo, num total de 140. 
Segundo o jornal Valor Econômico, os estados onde o BB fechará mais agências será em São Paulo e Santa Catarina. O argumento é que as unidades são muito próximas umas das outras, já que o Banco do Brasil adquiriu a Nossa Caixa e o Banco do Estado de Santa Catarina (Besc).

.
.