sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Nº 20.381 - "Enquanto o povo se distrai com as fofocas de Brasília, Parente retoma o serviço dos anos 90: desmancha a Petrobras a preço de banana; veja o vídeo"

 

25/11/2016 

 

Enquanto o povo se distrai com as fofocas de Brasília, Parente retoma o serviço dos anos 90: desmancha a Petrobras a preço de banana; veja o vídeo

 

Do Viomundo - 25 de novembro de 2016 às 20h04

 

 

 
Da Redação

São 30 minutos que equivalem a um filme de terror.

Trata-se da palestra de Fernando Siqueira, vice-presidente da AEPET, a Associação dos Engenheiros da Petrobras, descrevendo o desmanche que Pedro Parente está fazendo na estatal enquanto você se distrai com as fofocas de Brasília.

Não é uma ideia nova. Vem dos anos 90, quando um grupo ligado ao banco Credit Suisse apresentou ao ex-presidente Fernando Collor um plano para fatiar e privatizar a maior empresa brasileira.

O plano, abortado por Itamar Franco, foi retomado por Fernando Henrique Cardoso, que vendeu por U$ 5 bi na bolsa de valores de Nova York um patrimônio avaliado em U$ 100 bi — os 36% de ações da Petrobras que hoje permitem a estrangeiros controlar uma fatia significativa do pré-sal.

Pedro Parente, indicado presidente da empresa pelo governo usurpador de Michel Temer, está terminando o serviço: colocar a Petrobras eminentemente a serviço do lucro imediato dos acionistas, mais uma vez vendendo ativos valiosos a preço de banana.

Olhem nos jornais, nas emissoras de TV e de rádio: ninguém debate o assunto. Se debatesse, o governo Temer viria abaixo no dia seguinte.

São crimes diários de lesa Pátria que dilapidam o patrimônio público e enfraquecem a soberania brasileira.

Desculpem, mas é necessário ver a íntegra da palestra.

Veja também:

Guilherme Estrella, que ajudou a descobrir o pré-sal: “Estamos perdendo o Brasil!”

.