sexta-feira, 7 de abril de 2017

Nº 21.172 - "Duda vai ferrar o MT"


07/04/2017

Duda vai ferrar o MT

Quem arrumou a grana para o Skaf pagar o Duda?


Conversa Afiada - publicado 07/04/2017


 Miriam.jpg
A bela e o fero, no lançamento do XXXIXo. Vol. de "Memórias de um Narciso"

No jornal impresso da Globo Overseas Investment BV, sob a rubrica "Rotina de escândalos": "Em acordo com a Polícia Federal, Duda mira em Caixa Dois de Skaf".

"Publicitário (Duda Mendonça) afirmou que empresário o orientou a buscar a Odebrecht"
"Paulo Skaf (presidente da FIE P) (é) suspeito de recorrer à Odebrecht para pagar, com dinheiro de Caixa Dois, uma dívida de R$ 10 milhões da campanha (fracassada - PHA) ao Governo de São Paulo em 2014".

____________________

NAVALHA



É do conhecimento do mundo mineral, diria o Mino Carta, que houve na varanda do Palácio do Jaburu um encontro do MT e do Primo com Marcelo Odebrecht para "acertar" R$ 10 milhões para a campanha do presidente da FIE P.

A única duvida é se o MT foi fazer xixi enquanto o Primo e o Marcelo acertavam o envio da grana, em dinheiro vivo, ao mula, ou se o MT estava presente na hora do acerto final.

Mesmo o xixi de um vice-decorativo não deve tomar mais que dez minutos.

Assim, é possível que o Treme tenha participado do rachuncho.

Mas, essa é matéria que o Tribunal (sic) Superior (sic) das eleições vai analisar com a devida atenção, para que o MT seja absolvido e a Dilmalançada à fogueira - como está previsto e anotou a TV Afiada.

Em tempo: a notícia da delação do Duda saiu na mesma edição impressa em que se soube que a Cegonhóloga participou de um "bate-papo", numa livraria do Rio, com o autor das "Memórias de um Narciso Incorrigível". 

A certa altura da "notícia" no Globo Overseas, o FHC Brasif diz:

- (O PT) chegou em uma corrupçao institucionalizada.

E a corrupção do Careca, o homem mais rico do Brasil; do Mineirinho, das 9.876 delações; do Santo; do que faz chover em João Pessoa; do Aloysio promovido a 500 mil; do Eduardo Azeredo do mensalão tucano; do Oswaldinho do Aecím; do Sérgio Guerra, o único tucano citado na Lava Jato, porque morto? 

E a reeleição roubada, segundo Palmério Dória?

E a batuta da Privataria Tucana, segundo o Amaury Ribeiro Jr.?

E o apê que ele comprou do banqueiro Safdié?

E a fazendola que ele ganhou na sociedade com o Serjão Trator, quando deixou a Presidência?

E o contrato do filhinho dele na roubalheira da Petrobras?

E o apê do Jovelino na Avenue Foche, em Paris?

Isso tudo é "institucionalizado" ou foi no escurinho do cinema?


PHA

.