sexta-feira, 21 de julho de 2017

Nº 21.917 - "Temer (enforcado) vai enforcar o povo"


21/06/2017

Temer (enforcado) vai enforcar o povo
O problema é a Receita, estúpido!

Conversa Afiada  - publicado 21/07/2017
Carta_Folha.jpg
Puxa a corda, golpista!
Na Fel-lha, artigo sensato de Nelson Barbosa, que deveria ter sido o primeiro ministro da Fazenda do segundo mandato da Presidenta Dilma (como no Ministério da Justiça, ela só acertou no fim...):

A fila anda, devagar, mas anda


(...)

O reequilíbrio fiscal requer aumento de receita. Não é possível fazer todo o ajuste na despesa. 

(...)

Hoje temos um teto de gasto, mas a meta principal continua sendo o resultado primário. Isso torna a política fiscal pró-cíclica, pois, quando a economia cresce menos do que o esperado, a receita cai abaixo das projeções do governo e dispara um corte de gastos que empurra a economia ainda mais para baixo. O oposto acontece quando o crescimento supera as expectativas.

A fila da regra fiscal quase andou no início de 2016, quando o governo propôs um regime especial de contingenciamento para lidar com situações de lento crescimento como a atual. A nova equipe econômica barrou essa evolução. Agora sofremos as consequências.

Voltamos a depender de operações não recorrentes para evitar o shutdown. Antecipação excessiva de receita não acaba bem, mas nem tudo está perdido.

Como a situação fiscal de 2018 é ainda mais grave, a fila deve voltar a andar em breve, com a adoção de uma regra fiscal mais racional.

E devo registrar que minha cobrança por uma tributação mais progressiva sobre renda e riqueza incomodou os chefes de torcida do governo. Em sua coluna de 9 de julho, Samuel Pessôa procurou desqualificar minha cobrança, mas curiosamente não se posicionou sobre o tema. Isso revela quem o colunista representa?

(...)
Em tempo: o colonista Samuel Pessôa, da Fel-lha, é consultor. Lamentavelmente, suas colonas não identificam quem se consulta com ele... - PHA