sexta-feira, 28 de julho de 2017

Nº 21.965 - "Lula: vou fazer caravana pelo Nordeste"

.
28/07/2017

Lula: vou fazer caravana pelo Nordeste


Caravanas pelo Sul e Sudeste estão na programação


Do Conversa Afiada - publicado 28/07/2017
Sem Título-2.jpg
Lula quer ver de perto o que os Golpistas fizeram com o País (Reprodução)
Conversa Afiada reproduz do site do Presidente Lula:

"A maior aula que tive sobre o Brasil foi viajando o país", diz Lula ao anunciar caravana pelo Nordeste


Em entrevista à Rádio Som Maior, de Criciúma (SC), na manhã desta sexta-feira (28), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse estar preparado para voltar a viajar o país com as caravanas e ver de perto as necessidades do povo brasileiro. "A maior aula que tive sobre o Brasil foi viajando o país. Por isso, vou fazer novamente as caravanas. Agora com mais experiência e mais organização para entender as necessidades do povo".   
A partir do dia 16 de agosto, Lula começa uma viagem de 21 dias pelo Nordeste. "Vou começar pela Bahia e terminar no Maranhão. Quero ver de perto como eles estão estragando o nosso país. Todo dia quando deito fico imaginando a situação que deixei o Brasil e a situação como está hoje, sobretudo com a democracia arranhada", disse o ex-presidente.
Lula afirmou que as caravanas pelo Sul e pelo Sudeste também estão programadas. "Quero começar por Santa Catarina, passar pelo Paraná e depois São Paulo. Quero viajar o Brasil inteiro de ônibus, carro, trem, barco. Com transporte que a gente possa ter mais acesso ao povo para sentir o que ele está sentindo e querendo que seja feito no Brasil". 
Sobre a sentença proferida pelo juiz de primeira instância, Sérgio Moro, Lula disse que está tranquilo por estar ao lado da verdade. "Tenho desafiado a Lava Jato e o juiz Sérgio Moro a apresentarem uma prova material contra mim. Essas sentenças não estão sendo baseadas nos autos do processo e, sim, subordinadas à pressão de alguns setores da imprensa. Eu não cometi nenhum crime nesse país a não ser tentar fazer com que o povo melhorasse de vida", afirma. Para Lula, tentar evitar que ele seja candidato em 2018 não é a melhor saída. "A melhor forma é tentar arrumar um candidato bom dos outros partidos para não deixar que eu ganhe a eleição. Tentar me impedir de ser candidato não vai adiantar. Quem tem a verdade vai vencer", acredita. 
PREVIDÊNCIA PRIVADA
Lula afirmou que está com a consciência tranquila sobre o dinheiro investido na previdência e diz que o juiz Sérgio Moro é quem precisa explicar o motivo de ter bloqueado um dinheiro que está em uma previdência privada. "Eu tenho 76 palestras feitas no exterior. O dinheiro entrou pelo Banco Central e está depositado no Banco do Brasil. Não tem conta na Suíça. A certeza da minha honestidade é que eu não tenho conta na Suíça. Depositei o dinheiro no Banco do Brasil na previdência privada para garantir a sobrevida da minha família. O dinheiro que ganhei era porque eu e o Bill Clinton éramos os dois conferencistas mais importantes do começo do século XXI." 
DIRETAS JÁ
Lula voltou a pedir as eleições diretas no Brasil e disse que Michel Temer não deve continuar na presidência por ele ser resultado de um golpe. "A melhor coisa que poderia acontecer era o Temer mostrar a realidade do Brasil e convocar as eleições diretas para que o povo escolha livremente quem deve governar o país". 
PT
"Qual o partido que resistiria ao massacre que estão fazendo com o PT?", questionou Lula. "O PT sozinho tem mais preferência eleitoral do que todos os outros partidos juntos. Eles não conseguiram destruir o PT e o Lula. E não vão conseguir. O Lula não é uma pessoa. São milhões de pessoas que perceberam que é possível melhorar de vida nesse país", disse. Lula afirmou ainda que, ser for presidente, vai governar o Brasil com o coração de mãe. "Nós temos condições de consertar esse país. Tem tudo para dar certo. Mas precisa ser governado por gente que gosta do povo e que goste do Brasil. Tem que governar para os que mais necessitam. Eu estou na luta, ninguém me fará baixar a cabeça nesse país".