sábado, 1 de outubro de 2016

Nº 20.064 - "Declaração de guerra do golpismo"

.
01/10/2016
 

Declaração de guerra do golpismo

 

Brasil 247 -  30/09/2016

 


Breno Altman


A campanha do governo usurpador em defesa da PEC do Estado Mínimo, que corta investimentos em saúde e educação, terá como slogan "Vamos tirar o Brasil do vermelho", de evidente duplo sentido.

Prevista para ser lançada na próxima semana, aberta e ilegalmente coloca o Estado brasileiro a serviço do extermínio de uma corrente política e constitui declaração de guerra contra o conjunto da esquerda, em especial contra o PT.

Não será de surpreender se, no rastro dessa violência institucional, cenas de truculência e agressão se multiplicarem pelas ruas, com as hordas neofascistas que apoiam o golpe se sentindo estimuladas a caçar os "vermelhos".

O fato é que o governo usurpador e seus cúmplices, incluindo a mídia monopolista, estão atropelando mais e mais as regras democráticas, com o claro intento de implementar a ferro e fogo seu programa ultraliberal.

A esquerda deve responder, com firmeza e unidade. Juntar forças contra o golpe. Não baixar a cabeça jamais. Enfrentar o fascismo como o fascismo deve ser enfrentado.

Acima de tudo, intensificando todos os esforços em ampliar o movimento de resistência do povo brasileiro.

Somente haverá saída democrática se o governo usurpador for derrubado e a soberania popular se impuser através de novas eleições diretas.


Breno Altman é diretor do site Opera Mundi e da revista Samuel
.