quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Nº 20.211 - "Golpe do TSE: Temer não era vice!"


 03/10/2016

 

Golpe do TSE: Temer não era vice!

Marcelo Odebrecht morreu de rir! Quá, quá, quá!


Conversa Afiada - publicado 03/11/2016
 
. 
Estatua.jpg

É público e notório que o Traíra, então vice-presidente da República, na residência oficial do Jaburu, combinou com Marcelo Odebrecht receber, EM DINHEIRO, grana para o PMDB.

É público e notório que o Traíra recebia comissão nas atividades da Companhia Docas de Santos, como demonstraram este blog ansioso e o valente Marcelo Auler.

É público e notório que o Sérgio Machado deu uma grana ao Traíra na salinha da Base Aérea de Brasília.
É público e notório que o Tribunal (sic) Superior (sic) Eleitoral, sob a egrégia presidência do ministro (sic) Gilmar (PSDB-MT), se prepara dar um escandaloso Golpe dentro do Golpe.

É o que diz o PiG cheiroso na primeira página: "acordo no TSE deve separar contas para poupar Temer".
"...para evitar a cassação do presidente (sic) Temer está sendo costurado (sic) um acordo para separar as contas de campanha da ex-presidente e seu vice".

Como previa o Conversa Afiada, Gilmar (PSDB-MT) vai criar uma súmula vinculante:
"Temer não foi candidato a vice, mas vice-decorativo a caminho de dar o Golpe para se tornar Presidente!"

Quem roubou foi a Dilma, portanto.

O Temer tem a integridade moral do Fernando Henrique Brasif, aquele que saiu da Presidência direto para uma fazendola em Minas e comprou um apartamento de 500m² em Hygyenopolis, graças à generosidade desinteressada do banqueiro Safdie.

"FHC representa a decência na vida pública. Esse é o maior desejo do brasileiro", que quer vê-lo de volta à Presidencia, segundo um tresloucado tucano (de São Paulo!, claro), que o próprio Presidente FHC demitiu...

E eles pensam que o povo não percebe.

Depois reclamam se construírem um paredón em frente ao TSE!

(Ou em Hygyenópolis...)

PHA

.