sábado, 14 de janeiro de 2017

Nº 20.684 - "Fala, Cunha, fala!"

 14/01/2017

Fala, Cunha, fala!

Traíra está cercado por Cunha e a Odebrecht

Conversa Afiada - 14/01/2017

Bessinha Temer Geddel.jpg

Da Fel-lha:
A Operação Cui Bono? ("A quem beneficia?"), deflagrada a partir do conteúdo de mensagens apreendidas em um celular antigo do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB), ampliou a pressão para o peemedebista delatar o que sabe e tentar minimizar seus problemas com a Justiça e também induziu o mundo político e empresarial a pelo menos duas conclusões.
1) O teor das conversas divulgadas em relatório da Polícia Federal reforça a tese de que Cunha detém informações explosivas sobre negociatas fechadas entre o primeiro escalão do PIB, o Congresso e órgãos do governo federal. 2) Ele deve se apressar em firmar um acordo de colaboração premiada para falar o que sabe à Justiça.
Pessoas próximas ao ex-deputado não acreditam que ele tenha deixado, por simples descuido, um volume tão grande de dados em um aparelho de telefone desativado há dois anos.
Cunha sempre foi estrategista, e há quem tenha visto no teor das mensagens encontradas pela PF uma forma de ele deixar "pistas" para ampliar a necessidade de elucidar aos investigadores questões pertinentes à Operação Lava Jato.
(...)